Uma pausa na vida adulta. Animações dos anos 90 estão de volta

Para a alegria dos jovens nascidos há 20 anos, diversas séries voltaram como filmes, animes e cartoons

Contas para pagar, trabalho para fazer, dinheiro para administrar, transporte público para se locomover, compromissos para honrar. Parte dos nascidos na década de 90 conhecem muito bem estas  responsabilidades. É a vida adulta que chegou para as crianças de vinte e poucos anos atrás. No entanto, indo de encontro a tudo isso, algumas séries que fizeram sucesso na infância desses jovens, retornaram nos último tempos. Ao contrário do que se pode esperar, boa parte delas não visa atrair a audiência infantil, mas sim recuperar este público que acompanhou as franquias no passado, mas se distanciaram nos últimos tempos. Listamos alguns desses retornos que prometem reconquistar esse público.

 

Digimon

A série foi ao ar pela primeira vez no ano de 1999.  Em entrevista Akyoshi Hongo alegou que inicialmente pensava fazer 4  sagas da franquia Digimon Adventure e não 3, como de fato foi feito, mas o contrato com a emissora não permitiu e logo iniciou-se a criação de Digimon adventure 2. Com isso, muitas questões e mistérios foram deixados sem solução pelos autores.
No episódio 53 da primeira temporada são citados cinco digiescolhidos que teriam sido os primeiros humanos a serem chamados para o digimundo, antes mesmo das sete crianças protagonistas do desenho. Junto com a origem do personagem Gennai, esse foi um dos mistérios não solucionados na série.

Dezesseis anos depois e após passar por diversas outras histórias paralelas no mundo digimon, os produtores da série anunciaram o lançamento de Digimon Adventure tri, uma continuação da primeira geração de Digimon. A história se passa tempos depois do final de Adventure 1. Os digiescolhidos já não são mais crianças e estão entre o fim do ensino médio e o ingresso na faculdade. A nova saga ainda não chegou ao Brasil, mas já está disponível na internet, atualmente encontra-se no seu quarto OVA (Original Video Animation) e já começa a responder algumas questões abertas nas temporadas iniciais da franquia. Além disso, o novo anime traz novas evoluções e aborda ainda mais profundamente a relação dos digimons com seus parceiros humanos e diversas outras temáticas da adolescência.

Turma da Mônica

Além disso, HQs de super heróis ganham seguidas produções para TV e cinema pelo mundo ao mesmo tempo em que aqui no Brasil já está em pré produção o longa metragem do HQ “Laços” que tem como personagens principais Mônica, Cebolinha, Magali e Cascão. Sem dúvidas, os diversos compromissos da vida adulta ainda estarão lá quando desligarmos a TV, mas pelo menos para os que ainda guardam um carinho por essas produções, as novas formas de se assistir, experimentar e viver as histórias que fizeram a infância dos nascidos nos anos 90 chegam para aliviar um pouco a pressão do dia a dia e garantir aquela dose de nostalgia.

Meninas super poderosas

Criadas em 1998 por Craig McCracken Docinho, Florzinha e Lindinha fizeram muito sucesso, inclusive com as crianças que nasceram posteriormente ao último episódio inédito da série em 2005. Em abril de 2016, o canal Cartoon lançou um reboot da série. As meninas super poderosas retornaram com  20 episódios inéditos. Além da série, a Cartoon disponibilizou em seu canal no YouTube uma série de curtas com cerca de 2 minutos cada para lembrar um pouco da personalidade de cada uma das irmãs.

Dragon Ball

Depois de um intervalo de 18 anos (sim, 18 anos!) desde o último episódio inédito, o anime está de volta com uma nova saga. Até então, os fãs tiveram que se contentar apenas com novos filmes e jogos da franquia, mas agora já podem voltar a assistir o anime como antigamente. Intitulado Dragon Ball Super, a nova temporada se passa após a derrota de Majin Boo em Dragon Ball Z e conta com 81 episódios cheios de lutas, novidades e novas transformações de Super Saiyajins, disponibilizados no site Crunchyroll.

Sakura Card Captors

Anunciado em abril, o retorno de Sakura Card Captors será  feito através de um novo arco chamado “Clear Card” e está previsto para o início de 2018.  No entanto, os fãs da série poderão começar a matar a saudade a partir de setembro deste ano, quando estreará o filme da franquia que promete mostrar a passagem do anime original para a o novo arco de Sakura Card Captors.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: