Rádio é o segundo veículo com maior alcance entre os brasileiros, aponta pesquisa

De acordo com pesquisa divulgada em setembro pelo Kantar Media Ibope, 89% das pessoas nas principais regiões metropolitanas têm o hábito de ouvir rádio, o equivalente a 52 milhões de indivíduos. Seja para informar-se ou entreter-se, o tempo médio diário dedicado pelo brasileiro à atividade de ouvir rádio é de 4 horas e 40 minutos.

A pesquisa completa pode ser lida aqui.

Entre os 13 mercados em que o levantamento é realizado, merecem destaque as praças Grande Belo Horizonte (MG), onde 95% da população declarou ouvir rádio por ao menos um minuto nos últimos 30 dias; Grande Goiânia (GO), com alcance de 91%; e Grande Fortaleza (CE), em que 90% das pessoas são impactadas pelas ondas sonoras.

O consumo da mídia sonora acontece majoritariamente no aparelho de rádio tradicional, mas destacam-se os smartphones e os computadores como novos suportes para o rádio.

O público ouvinte é bastante heterogênio, aponta a pesquisa.  O Target Group Ratings Rádio, ferramenta da Kantar IBOPE Media que possibilita analisar a audiência comportamental, demonstra que, enquanto os solteiros que trabalham se destacam no consumo do meio na maioria dos lugares, em Curitiba e Fortaleza, a maior audiência está entre os casais maduros sem filhos. No Distrito Federal, ainda, os que mais ouvem são os solteiros que não trabalham.

A pesquisa que aponta que 70% dos pesquisados ouvem rádio como forma de entretenimento, 50% consumo o veículo para ouvir notícias. Em relação à credibilidade do veículo, 55% dos entrevistados disseram confiar nas informações que são veiculadas pelos programas jornalísticos das rádios brasileiras.

A pesquisa também mostra os demais veículos que são usados simultaneamente ao rádio. A internet é a mais usada pelos ouvintes, com 23%. Já 17% ouvem o rádio assistindo televisão, 14% lendo jornal e 13% lendo revistas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: